Instituto Federal do Paraná Marca do IFPR I NS TIT U T O F EDER A L Paraná Campus Foz do Iguaçu
Início notícias Compostagem é tema de projetos e aulas práticas

Compostagem é tema de projetos e aulas práticas

Publicado em

O lixo é um problema ambiental com graves consequências sociais. Para amenizar os impactos causados pela geração cada vez maior de resíduos nas cidades, o curso Técnico em Meio Ambiente do Instituto Federal do Paraná – Campus Foz do Iguaçu tem se dedicado ao tema, capacitando alunos quanto à destinação correta dos resíduos sólidos. Entre as iniciativas, o curso desenvolve projetos e aulas práticas voltados à compostagem e à vermicompostagem (com utilização de minhocas).

Nas práticas da disciplina de Agroecologia, os alunos estão desenvolvendo ações voltadas à reciclagem de resíduos sólidos municipais, como restos de alimentos não aproveitados pela Ceasa, resíduos de podas das árvores, lodo do esgoto da companhia de saneamento básico e até mesmo espécies invasoras de mexilhões. Sob a coordenação da professora Fernanda Rubio, eles estão aprendendo a transformar esse material orgânico em adubo para ser utilizado nos jardins e canteiros do Campus.

Outra frente de ação é a que transforma resíduos orgânicos gerados dentro do Instituto, em especial no âmbito do Curso Técnico em Cozinha, em adubo por meio da compostagem com minhocas. Nesse caso, o adubo obtido é utilizado na horta do Campus, num círculo virtuoso.

Preparado líquido poderoso

Entre os projetos desenvolvidos nesta área, destaca-se o Projeto de Pesquisa “Composto produzido a partir de resíduos orgânicos municipais”, o qual tem por objetivo pesquisar a obtenção de um preparado de Microrganismos Eficazes, denominado “E.M”, a partir de resíduos orgânicos. Entre outras utilizações, este líquido obtido acelera o processo de compostagem, além de melhorar as características físico-químicas do solo. “Por ser uma alternativa altamente benéfica ao meio ambiente, o uso de soluções com EM tem atraído cada vez mais adeptos preocupados com a saúde e qualidade ambiental”, explica a professora Fernanda.

A estudante do 3º ano e bolsista Pibic Jr. do Projeto, Karen Yuka Fugihara, ressalta a importância social de se pesquisar a compostagem e temas afins. “Os aterros sanitários e lixões que são um grande problema ambiental, social e político na atualidade. A partir de pesquisas como esta, estamos contribuindo com soluções para reduzir esses impactos”.

Galeria de Fotos

Leia mais

Topo