Seu browser não suporta JavaScript!

Portal Portal Padrão Barra de Identidade Visual do Governo Federal na Internet - APLICAÇÃO do Governo Brasileiro
Página Principal Principal » asdServidores do IFPR Foz participam de livro sobre fronteiras

Servidores do IFPR Foz participam de livro sobre fronteiras

Publicado em 12 de abril de 2018

O servidores Azenir Dahlem Pacheco e Andréa Márcia Legnani do Instituto Federal do Paraná (IFPR) – Campus Foz do Iguaçu colaboraram, por meio de capítulos, com a publicação do livro “Olhares interdisciplinares sobre o território e as territorialidades em fronteiras”.

O livro é organizado pelo professor da Unioeste, Mauro José Ferreira Cury, e foi lançado este mês de abril, nas versões impressa e digital.

A publicação é resultado da disciplina “Territórios, Territorialidades, Poder, Fronteiras e Redes”, do Programa de Doutorado em Sociedade, Cultura e Fronteira, ofertado pela Unioeste – Campus Foz do Iguaçu. Os capítulos foram escritos por participantes da disciplina e envolvem estudos interdisciplinares inéditos sobre a complexidade dos territórios de fronteiras, abordando as inter-relações sociais, ambientais, econômicas, políticas e culturais que permeiam esses espaços.

De autoria de Azenir Pacheco e Mauro Cury, o quinto capítulo, intitulado “A influência da Lei Maquila na conjuntura política e econômica transfronteiriça na Fronteira Iguassu”, fala sobre a lei criada no Paraguai para incentivar a atração de investidores estrangeiros por meio da instalação de empresas no país e sua influência na formação e transformação das identidades que se articulam no dia-a-dia no espaço compreendido entre Paraguai e Brasil.

“Busquei destacar alguns problemas do Brasil relacionados à sua recessão e porque indústrias brasileiras se instalando no Paraguai. Enquanto o Brasil aumenta os impostos, o Paraguai reduz. O governo brasileiro está na contramão. É necessário uma reforma tributária coerente com a realidade global para que o Brasil seja competitivo no mercado internacional”, destaca Azenir Dahlem Pacheco.

A contribuição da pedagoga Andréa Márcia Legnani está no capítulo 16, sob o título “A política de implantação dos Institutos Federais de Fronteiras: um estudo comparando o IFSul – Campus Santana do Livramento e IFPR – Campus Foz do Iguaçu”, em co-autoria com o professor Mauro Cury. No capítulo, os autores fazem uma análise histórica sobre a criação dos Institutos Federais de Educação e Tecnologia (IFF’s), realizam um comparativo entre os dois campi de fronteira e analisam as dificuldades e potencialidades da instalação de tais instituições.  

Conforme explica a autora, o capítulo “é resultado de um estudo inicial sobre as possibilidades e desafios da implantação dos IFF’s, envolvendo análise das categorias: território, territorialidades, fronteiras e transfronteiriço, com objetivo principal de compreender e analisar como se efetiva na prática a política de implantação de Institutos de Fronteira”.

 

Galeria de Imagens