Instituto Federal do Paraná Marca do IFPR I NS TIT U T O F EDER A L Paraná Campus Foz do Iguaçu
Início notícias Campus Foz apresenta seus projetos de Pesquisa, Extensão, Inovação e Cultura

Campus Foz apresenta seus projetos de Pesquisa, Extensão, Inovação e Cultura

Publicado em

O IFPR – Campus Foz do Iguaçu viveu um dia movimentado nesta quinta-feira (03). Três eventos paralelos mobilizaram alunos, técnicos e professores nos períodos da manhã e da tarde: o “Dia do Empreendedorismo”; a III Mostra de Trabalhos de Ensino, Pesquisa e Extensão”; e a VII Feira de Inovação Tecnológica do Instituto Federal do Paraná (IFTech).

A programação foi aberta por um recital de poesias promovido pelos alunos do Técnico em Aquicultura e coordenado pelo professor da disciplina de Artes II, Givaldo Oliveira. Na sequência, ocorreram as oficinas ministradas pelos docentes do Campus, que abordaram temas variados, como produção de sabão ecológico, uso de resíduos na construção e até escalada.

A apresentação de projetos de Pesquisa, Ensino, Extensão e de Inovação, por meio de banners e protótipos, marcou a realização da III Mostra de Trabalhos e do VII IFTech. Os eventos buscam dar visibilidade aos trabalhos desenvolvidos por alunos e servidores em todas as áreas do conhecimento e criar um ambiente propício para a troca de experiências entre os participantes.

Um dos atrativos da Mostra foi o ambiente criado para a apresentação dos jogos elaborados pelos alunos, como desdobramento do projeto “A Construção de Jogos de Salão nos Cursos Técnicos Integrados do IFPR Foz do Iguaçu”, orientado pelo professor Engels Câmara. Os jogos de salão são atividades de lazer ou esportiva realizadas em ambientes fechados. Os alunos, em equipe, desenvolveram protótipos de jogos de tabuleiros e de cartas.

Entre trabalhos exibidos na Mostra, estava o jogo “Bellum”, jogo de tabuleiro criado pelos alunos do Técnico em Edificações, que foi inspirado no War e no Xadrez e cujas peças foram impressas na impressora 3D. “Aprendemos bastante na elaboração deste jogo, desde a confecção das peças até a pensar no seu funcionamento, objetivos, regras. Além de desenvolver o raciocínio lógico, fortalecemos o trabalho em equipe, destaca a aluna Gabriely Dutra.

O acadêmico de Licenciatura em Física, Alex Bruno Poposki, apostou na inovação e desenvolveu, sob orientação da professora Tunísia Schuller, o projeto “Construção e Automatização de uma Célula Combustível Planta-Microbiana”. Ele explica que a ideia é desenvolver um sistema de geração de energia alternativa e de baixo custo, a partir de plantas aquáticas aliadas à plataforma de automatização Arduíno.

Confira os 27 projetos apresentados.

Galeria de Fotos

Topo